Dicas

  • NY é uma cidade plana e fácil de se localizar, basta entender as direções up town (os números das ruas crescem 51st, 52 st) e down town (os números das ruas diminuem). A melhor forma de conhecê-la é andando. Peça um mapa na recepção do hotel ou vá ao Tourist Center que fica na Times Square para pegar mapa e cupons de descontos de várias atrações.
  • Vá de metrô: apesar da aparência feia (todo pichado, como vemos nos filmes), é seguro. É a melhor maneira para percorrer grandes distâncias, já que o trânsito consegue ser pior que o de SP! Entendendo o up town / down town fica fácil se localizar e no hotel alguém poderá explicar. Só fique atento para não pegar um trem Express (nas plataformas isso é sinalizado), pois esses param em poucas estações.
Roubada: visitar a Estátua da Liberdade! Você irá perder no mínimo 5 horas por causa do Ferry boat e não há muito o que ver ou fazer por lá. Vá ao Battery Park, que fica na ponta de Manhattan, e você poderá ver a Estatua e tirar fotos! Essa foto foi tirada do Battery Park e acho que ilustra o que estou tentando explicar. Mas se quiser experimentar, depois divida sua experiência 😉
Guias Culturais de NYC
  • Time Out: o site traz algumas dicas, mas o melhor é comprar a revista que sai na 4ª-feira trazendo a programação da semana toda. É a melhor maneira de saber o que acontece na cidade para fugir dos programas de turistas
  • NYC.com: outro bom endereço para saber o que acontece na cidade
  • Ticket Master: para comprar com antecedência ingressos para shows de artistas internacionais (que começam a ser vendidos com 6 meses de antecedência e esgotam rápido), locais e peças de teatro. Dá para comprar do Brasil, pagar com cartão de crédito internacional e escolher a opção de entrega “Will call” para retirar o ingresso na bilheteria no dia do show (é imprescindível ter o passaporte e o cartão de crédito usado na compra na hora da retirada)